As dívidas conversíveis podem ser convertidas no método cascata ou no método “outstanding”. No método cascata, séries de dívidas conversíveis são convertidas uma a uma, na sequência em que foram emitidas. No método “outstanding”, séries de dívidas conversíveis são convertidas de uma só vez.


A conversão em cascata implica necessariamente que novas rodadas de investimento irão diluir as rodadas anteriores, mas rodadas anteriores não diluem rodadas posteriores. No caso de conversão pelo método “outstanding”, todas as rodadas tem efeito de diluir umas às outras.


Não existe um método correto de conversão, o método escolhido faz parte das negociações usuais em torno de um aporte de investimento.